O que é o famoso decoro parlamentar?


Deputado Jair Bolsonaro
     Decoro, simplesmente, é uma palavra que possui inúmeros significados sinônimos: “recato no comportamento”, “decência”, “acatamento das normas morais”, “dignidade”, “honradez”, “pundonor”, seriedade nas maneiras”, “compostura”, “postura requerida para exercer qualquer cargo ou função”.
     Como variação do substantivo decoro temos o sujeito decoroso que é o oposto de indecoroso (indecoroso = indecente, indigno,impudico, obsceno, que agride a moral, que contraria as regras do decoro).
     Decoro parlamentar, por extensão, é a conduta individual exemplar que se espera ser adotada pelos políticos, representantes eleitos de sua sociedade.
     O decoro parlamentar está descrito no regimento interno de cada casa do Congresso Nacional brasileiro. Na constituição federal brasileira, no artigo 55, parágrafo 1º diz: "É incompatível com o decoro parlamentar, além dos casos definidos no regimento interno, o abuso das prerrogativas (art. 53) asseguradas a membro do Congresso Nacional ou a percepção de vantagens indevidas".
     Por consequência, a “quebra de decoro parlamentar” significa a falta de decência de um político, ou, quando ele age de maneira que desonre o mandato parlamentar, ou seja, quando ele rouba, falta ao trabalho, mata, estupra, recebe ou paga mensalão, contrata parentes sem concurso (nepotismo), discrimina religiosa, genérica ou racialmente (como o deputado Jair Bolsonaro), ou e outras coisas do gênero...  

Nenhum comentário:

Postar um comentário