Você sabe o que é um palíndromo?


     Um palíndromo é uma palavra, frase ou qualquer outra sequência de unidades que tenha a propriedade de poder ser lida tanto da direita para a esquerda (da frente para trás, ou seja, da forma considerada normal) como da esquerda para a direita (de trás para a frente). Num palíndromo, normalmente são desconsiderados os sinais ortográficos  (diacríticos ou de pontuação), assim como os espaços entre palavras.
     A palavra "palíndromo" vem das palavras gregas palin ("para trás") e dromos ("corrida, pista").
     Rômulo Marinho, veterano palindromista brasileiro, propõe classificar os palíndromos em três categorias; quais são:
     Expliciti - trazem sempre uma mensagem direta, clara e inteligível, como "Socorram-me, subi no ônibus em Marrocos” (palíndromo de autoria anônima, provavelmente o mais conhecido da Língua Portuguesa).
     Interpretabiles - têm coerência, mas requerem esforço intelectual do leitor para serem entendidos, como "A Rita, sobre vovô, verbos atira."
     Insensati - cuidam apenas de juntar letras ou palavras sem se preocupar com o sentido, como "Olé! Maracujá, caju, caramelo."
     As frases formando um palíndromo também são chamadas de anacíclicas, do grego anakúklein, significando que volta em sentido inverso, que refaz inversamente o ciclo.
     Se você ainda ficou com dúvidas a respeito do seja um palíndromo, faça a seguinte experiência: pegue cada uma das frases a seguir e escreva-as numa folha de papel. Depois, reescreva as frases _ letra por letra _ de trás para a frente.
     Eis os palíndromos para a sua experiência: “Socorram-me, subi no onibus em Marrocos”, “Anotaram a data da maratona”, “Assim a aia a missa”, “A droga da gorda”, “A mala nada na lama”, “A torre da derrota”, “Saudável leva duas”.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pal%C3%ADndromo com adaptações da equipe do site Português Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário