Qual a diferença entre embaixadora e embaixatriz?

     Antes de esclarecermos qual a diferença entre estes dois termos é preciso definir o que é um embaixador, que é o masculino de embaixatriz.
     Um embaixador é um funcionário diplomático do mais alto nível acreditado junto a um chefe de Estado estrangeiro para chefiar a missão diplomática de seu país. Segundo a Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas (CVRD) o cargo de embaixador é a mais alta das três classes de chefes de missão diplomática, acima das de ministro plenipotenciário e de encarregado de negócios, cargos estes que são hoje obsoletos. Os embaixadores costumam ostentar o título de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário, pois detêm plenos poderes para representar o seu país e, em geral, para celebrar tratados entre o Estado que representa ("Estado acreditante") e o Estado que o acolhe ("Estado acreditado" ou "Estado acreditador"). A exemplo dos demais agentes diplomáticos que lhe são subordinados, o embaixador goza de privilégios e imunidades previstos na CVRD.
     Embaixadora é a mulher que ocupa o cargo de “embaixador” (se é que assim podemos dizer) e embaixatriz é simplesmente a esposa de um embaixador e, não, uma mulher que ocupe qualquer cargo numa embaixada.
     Cumpre lembrar que o cargo de embaixador, ou embaixadora, da Unicef ou outro órgão da ONU, tal como Renato Aragão (Didi); é apenas simbólico, não sendo as pessoas em questão diplomatas ou funcionários diplomáticos.

2 comentários: