Telegrama

     O telegrama era, até o fim do século XX, o meio de comunicação mais usado para casos urgentes. Com a expansão e popularização da internet e da telefonia móvel, seu uso foi drasticamente reduzido, ficando restrito a uma pequena minoria de usuários.
     Devido a seu espaço reduzido é preciso saber utilizá-lo clara e objetivamente. Quando de interesse particular e confidencial, deve conter as expressões “Confidencial” ou “Reservado” em destaque. A maioria das empresas adota o sistema de várias cópias para as mensagens telegráficas.
     Os impressos próprios são fornecidos pelas agências de correios e telégrafos. Os formulários devem ser preenchidos sem rasuras, alterações, anulações, acréscimos ou entrelinhas. Os acentos e notações gráficas (como hífen) não são usados nos telegramas.
Exemplos:
·         nao (não)
·         athe (até)
·         poderah (poderá)
·         tambem (também)

     As abreviaturas usuais no preenchimento do telegrama são:
·         ponto – pt
·         vírgula – vg
·         ponto e vírgula – ptvg
·         dois ponto – ptpt ou bipt
·         aspas – abaspa ou fechaspa
·         interrogação – Int

Além destas usadas em todo tipo de telegrama, usa-se comercialmente:
·         VOSSENCIA ou VOSSELENCIA – Vossa Excelência
·         VOSSIA ou VOSSENHORIA – Vossa Senhoria
·         SDS – saudações
·         RETEL – em resposta ao telegrama
·         OFT – telegrama oficial
·         RPU – resposta paga urgente
·         URB – urbano
·         INT – interior

A seguir , daremos alguns exemplos de telegramas comerciais:



SOLICITO INFORME AUMENTO PREÇOS PRODUTOS PT SDS



AGUARDO URGENTE INFORMAÇAO REMESSA MATERIAIS PT SDS



SAUDO VOSSELENCIA NOMEAÇAO CARGO SECRETARIO SEGURANÇA PT SDS



FELICITO VOSSENHORIA LANÇAMENTO NOVO PRODUTO PT SDS



LAMENTO NAO PODER COMPARECER FEIRA INFORMATICA PT DESEJO SUCESSO PT SDS



FAVOR INFORMAR EXISTENCIA PEÇAS SOBRESSALENTES MODELO ABASPA TK-2020 FECHASPA PT RPU



RETEL RECEBI PRODUTOS TIPOS SOLICITADOS PT OBRIGADO SDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário